segunda-feira, 28 de novembro de 2011

ADEUS AMIGO

Ao meu amigo Jorge Henriques


Não esperava vir hoje aqui, muito menos a esta hora e por este motivo.
Logo de manhãzinha, fui surpreendido pela noticia do falecimento do nosso amigo Jorge, (GIORGIO) por estas bandas.
Não poderia deixar de lhe prestar aqui, neste blogue de recordações da nossa filha Susana, uma singela homenagem. Não sou grande escritor, mas quero deixar aqui a expressão do nosso grande apreço que tínhamos pelo Jorge que se tornou nosso amigo. Ele foi um grande apoio para a nossa filha, que não conseguiu conhecer pessoalmente, e quando ela partiu, apesar do seu estado de saúde, visitou-nos com a esposa em nossa casa. Nunca esqueceremos esse dia.
Lamento nunca ter conseguido retribuir-lhe esta sua visita, mas...  não estou em condições de fazer viagens.
Prestamos-lhe aqui a nossa sincera homenagem e deixo-lhe estes amores perfeitos, pois pude constatar o quanto a família era importante para ele.
Apresentamos a todos os seus familiares as nossas sinceras condolências com abraços e beijinhos

3 comentários:

BRANCAMAR disse...

Obrigada Pai Bártolo.

Estamos todos unidos, os amigos deste grande ser humano que foi o Jorge.

Também lhe deixei uma pequena homenagem, neste momento nem sei que dizer, é inconsolável que esta terrível doença nos leve as pessoas tão novas e com tanto para dar.

Beijinhos para si e para a esposa.

Estou a planear logo que possa estar convosco, se fôr possível ainda antes do fim do ano ou princípio do próximo.

Um grande, grande abraço.
Tia, para sempre.
Branca

JMBártolo disse...

Não sei o que dizer mais nestas situações. Apesar do tempo decorrido ainda está tudo muito presente.
Beijinhos

sideny disse...

Olá Sr. Bártolo

Que descanse em paz.

Acabou o sofrimento que causa esta doença.

beijinhos